CELEBRAR A VIDA COM FELICIDADE E UM SORRISO NO ROSTO.

Celebrar a VIDA com toda a FELICIDADE e um SORRISO no rosto

Celebrar ou não celebrar? O poder da escolha está nas tuas mãos!.

Celebrar a VIDA com toda a felicidade e um sorriso no rosto, é fundamental para mim. Com a celebração honro o dom da vida e agradeço quem eu sou.

Ter 61 anos de vida significa 61 anos de alegrias, tristeza, sofrimento, gratidão, de amor. A cada ano é o inicio de um novo ciclo.

 

Cada novo ciclo trará tristezas ou alegrias… o poder da escolha está nas minhas mãos e a forma como o decido viver é simplesmente minha. 

 

Eu posso não escolher tudo o que irá acontecer em cada ciclo, mas, posso escolher a maneira como encaro, a maneira como ajo perante os acontecimentos.

Nem sempre é fácil celebrar, e não tem de ser sempre uma explosão de festa.

Celebrar pode ser simplesmente respirar fundo e agradecer, soltar um sorriso, sentir o amor envolver-nos, olhar à nossa volta e ver a beleza nas coisas mais simples.

Todas as manhãs, nas minhas caminhadas pela natureza, eu celebro respirando ar puro, ouvindo o chilrear dos pássaros, sentindo o cheiro da terra, das árvores.

A Celebração é um estado de SER. Podemos ativar este estado sempre que quisermos. A celebração é uma escolha, um ato consciente em honrar algo. 

É verdade que há momentos difíceis da vida em que não temos vontade de celebrar, mas é nesses momentos que celebrar a vida é importantíssimo.

Juntamente com a celebração vem a gratidão, elas estão unidas. A gratidão vem de dentro, do fundo do nosso coração, ativa o amor, ajuda-nos a aceitar melhor a vida tal como ela é.

Agradecer e celebrar pode realmente ajudar-nos a curar processos em nós e nas nossas vidas, e pode ajudar-nos também a lidar com os desafios.

Eu celebro o dom da vida e agradeço:

  • A possibilidade de poder estar comigo mesma e a oportunidade de ter conhecido cada uma das pessoas que conheci neste último ano, pois elas enriqueceram a minha vida. 
  • À minha filha todo o amor, todo o carinho que recebo. 
  • Agradeço a mim por permitir encontrar-me cada vez mais e por me permitir SER todos os dias. 
  • A todas as novas oportunidades que surgiram e que estão a surgir. 
  • A oportunidade de realizar os meus SONHOS. 
  • À minha FÉ e CONFIANÇA na Vida. 
  • Agradeço à VIDA, ao UNIVERSO, e ao AMOR

Termino este artigo com um extrato do livro “ Arte de Ser e Viver”

“Celebre tudo, celebre a dor, a tristeza, a alegria. Isso é o que é celebrar a vida. Por que na vida, não há separação entre a tristeza e a alegria, entre a dor e o bem-estar. É o outro lado da mesma moeda. Como o dia e a noite. Quando a moeda gira: celebre. Porque daqui a pouco, ela voltará a girar e você volta a celebrar.”